Enlaces para accesibilidad

site logo site logo

Obama promete escutar os vizinhos


<!-- IMAGE -->

Os líderes sul-americanos pressionaram o presidente Barack Obama a acabar de uma vez com o embargo econômico contra Cuba e evitar políticas intervencionistas, no momento em que ele tenta reformular as relações dos EUA com o resto do hemisfério.

Obama e outros 33 Chefes de Estado do continente americano estão participando da Quinta Cúpula das Américas em Porto de Espanha, Trinidad e Tobago.

Antes da primeira plenária do encontro, Obama se reuniu com 12 membros da União das Nações Sul Americanas, UNASUL.

O presidente americano disse que a UNASUL está realizando um ótimo trabalho para integrar os esforços na região em vários setores, como os de energia e segurança. Obama encerrou o comentário dizendo que tem muito a aprender.

Uma fonte do governo americano, que participou do encontro, afirmou que Obama expressou o desejo de trabalhar com a UNASUL para enfrentar desafios econômicos, ambientais e energéticos.

Veja também: Obama e Chávez

Segundo essa fonte, vários líderes presentes à reunião pressionaram Obama a acabar com o embargo contra Cuba.

Obama disse que os EUA e Cuba estão no caminho da mudança, mas ao mesmo tempo, lembrou aos colegas que o processo democrático que os levou ao poder não existe em Cuba.

O presidente disse ainda que enquanto o passado deve ser compreendido, ele não estava alí para questionar a história - e que é a hora de seguir em frente para confrontar os desafios atuais.

XS
SM
MD
LG